placa de video ideal

Já as avançadas podem ser voltadas para jogadores fanáticos, que gostam de habilitar todas as opções de vídeo, incluindo fumaça, iluminação, brilhos e reflexos, que dão mais realismo ao jogo, ou para pessoas ligadas a computação gráfica e design.

Leve sempre em conta a finalidade para a qual a placa será utilizada. E a sua configuração de hardware também. Ao comprar uma placa de vídeo boa, você vai utilizá-la por mais tempo e aumentar sua vida útil.
Veja, a seguir, respostas para as principais dúvidas sobre placas de vídeo:

É obrigatório adquirir uma fonte adicional quando uma nova placa de vídeo é instalada?

Não é desperdício de energia colocar mais uma fonte e usar tão pouco dela?
De jeito nenhum. O único problema é que uma fonte mais potente custa mais caro, mas ela não vai consumir mais energia e ainda permite um upgrade.
Placas de vídeo são dividas entre básicas, intermediárias e avançadas. Uma placa de vídeo básica pode ser uma placa de vídeo on-board, ou mesmo uma placa de vídeo simples que tenha alguns recursos para melhorar o processamento de vídeo de seu computador, como a interface Aero do windows Vista.

É a mais voltada para o usuário comum, que cria vídeos caseiros ou faz tratamentos simples de fotos de família.

As intermediárias podem ser usadas pelo jogador casual, pois ela irá rodar os jogos que ele gosta, mas sem muito detalhamento gráfico. Podem também ser usadas por profissionais que não demandam tanto

Não esqueça que, ao instalar a nova fonte, a antiga deverá ser removida e todos os equipamentos que estão dentro do computador deverão ser conectados a ela.

Como saber se a fonte vai agüentar ou não uma nova placa de vídeo?
Essa informação pode variar muito de um computador para o outro. É necessário verificar a sua configuração: processador, placa-mãe, quantidade de gravadores de CD e quantidade de HDs instalados, por exemplo. Quanto mais poderoso for o PC, melhor tem de ser a fonte.

Para uma placa de vídeo mais sofisticada, o ideal são fontes que suportem mais de 500 watts reais.

Caso a sua fonte de alimentação não ofereça energia suficiente para atender as necessidades do equipamento, você notará logo após a instalação da placa: o computador pode não ligar, reiniciar sozinho ou desligar no meio de um jogo.

O ideal é sempre trabalhar com folga, já pensando em atualizações de hardware futuras.

Existe o risco de queimar a placa-mãe se eu trocar a placa de vídeo e não trocar a fonte de alimentação?
Normalmente, a placa não liga quando a fonte de alimentação não é o suficiente para atender às suas necessidades de energia. Há casos em que a fonte queima, o que, ocasionalmente, pode levar à queima de outros componentes.

Por isso, evite problemas verificando o quanto os novos componentes consomem de energia.

Por exemplo: um computador de configuração mais simples costuma vir com uma fonte de 200 watts. Se você comprar uma placa de vídeo que consome 150 watts, você deverá comprar uma fonte de pelo menos 350 watts.

Recomendamos que o usuário calcule mais 20% do total de energia que os equipamentos consomem para escolher a sua fonte. No caso citado acima, a fonte ideal seria de 420 watts.

Existem placas de vídeo com conexão HDMI para serem ligadas diretamente na TV?
Sim, hoje em dia, a conexão HDMI virou padrão das placas de vídeo que vêm integrada nos computadores de configuração intermediária e avançada. Quem comprou máquinas desse tipo recentemente, não precisará de placa de vídeo offboard para ter esse tipo de compatibilidade de alta definição.

Se a placa tiver saída DVI, que também transmite sinal de áudio e imagem em alta definição (foto ao lado), recomenda-se que se compre um adaptador que converta DVI para HDMI para conectar ocomputador à TV.

Importante: imagens de alta definição são exibidas somente em monitores e televisões que também sejam de alta definição, ou seja, que tenha resolução de pelo menos 1080 x 720p.

Existem placas de vídeo externas para notebooks que podem ser conectadas por USB?
Não existem placas com esse tipo de conexão. Por isso, é muito importante escolher um notebook que já venha com placa aceleradora de vídeo.

O que existem são placas externas gráficas para notebooks, que são colocadas dentro do portátil, e alguns modelos externos ao laptop que usam outro tipo de conexão, chamada Firewire —mas elas são muito difíceis de serem encontradas, segundo Brandão.

Instalei a placa mas as páginas ficaram com a barra de rolagem lenta. O que faço?

Normalmente, esse tipo de problema ocorre quando o usuário não instala o driver da placa de vídeo. Com isso, o windows utiliza um driver genérico que não ativa os recursos de aceleração da placa de vídeo.

Para resolver este problema, basta instalar o programa que costuma vir em um CD que vem com a placa de vídeo ou baixar a ultima versão no site do fabricante.

A tempo: driver é um programa que controla as funções de placa e funciona como interface entre oWindows e o dispositivo.
Quero montar um PC especificamente para jogos que rode os mais recentes lançamentos do mercado e que possa rodar também games a serem lançados no futuro. Que placa de vídeo devo usar?

Brandão, da AMD, recomenda que o usuário se informe sobre as configurações recomendadas dos jogos que quer utilizar e compre uma placa que seja um pouco superior do que o recomendado.

Para se ter idéia, a placa para games mais simples que ele recomenda tem 128 bits, 256 MB e consome cerca de 35 watts. “Mas esse tipo não roda jogos de alta definição.” Em paralelo, há placas de 1 GB de RAM que consomem 180 watts.

fonte: Combo Digital