Novas placas-mãe Asus Série P8P67 – Sandy Bridge

5 de Janeiro de 2011, é a data de lançamento dos novos processadores da Intel, a geração Sandy Bridge, como haviamos publicado neste post . Como já é rotina, novos processadores requerem novos chipsets e também novos sockets, com isso uma nova leva de placas mães será lançada juntamente com estes processadores. Deixaremos de lado o socket LGA1156 dos processadores Core i3, i5 e i7 atuais, para a entrada do novo socket LGA1155 dos futuros processadores Core i3, i5 e i7 da geração Sandy Bridge.

A ASUS lançou a nova placa mãe ASUS P8P67 Deluxe, equipada com o novíssimo chipset Intel P67. Nesta placa mãe, a ASUS inovou apresentando novas tecnologias, pela primeira vez vemos a utilização de um EFI BIOS em uma placa mãe comercial. Além disso, tem a tecnologia BT Go! que permite controlar o PC remotamente pelo seu smartphone, e um novíssimo regulador de voltagem DIGI+ VRM com 16+2 fases, o Dual Intelligent Processors II, MemOK, e outras novidades. Esta placa ainda não figura no site oficial da empresa devido a acordos com a Intel, porém podemos apresentar uma prévia do que ela tem de novo a oferecer.

A placa é um modelo ATX padrão e oferece três slots PCI-Express 16x, dois slots PCI-Express 1x e ainda 2 slots PCI padrão. Quatro slots de memória DDR3 e oito conectores SATA também estão presentes na placa mãe. A qualidade dos componentes recebeu uma atenção especial, todos os capacitores da placa são do tipo sólidos, de alta durabilidade.

  • Sai BIOS, entra EFI

Parece que a ASUS resolveu tomar a dianteira em aposentar o BIOS como conhecemos hoje em dia, a ASUS P8P67 Deluxe é a primeira placa mãe comercial à oferecer o EFI BIOS no lugar do antigo, e limitado, sistema básico de entrada e saída dos nossos computadores. Entre as vantagens do EFI podemos ressaltar a capacidade de reconhecer discos maiores que 2.2TB através do suporte da tabela de partições GUID (mais moderna e completa que o tradicional MBR), reconhecimento mais rápido do hardware (em consequência, boot mais rápido) e uma interface gráfica que possibilita muitas facilidades e novas opções de configuração.

  • DIGI+ VRM

A ASUS P8P67 Deluxe implementa um novo regulador de voltagem de 16+2 fases, chamado de DIGI+ VRM, que combina um design digital e analógico ao mesmo tempo, assim é possível ter um menor atraso na comutação da corrente e maior precisão ao mesmo tempo. Prometendo assim gerar muito menos calor, devido à uma melhor permeabilidade e menor perda de energia.

  • Dual Intelligent Processors II

O Dual Intelligent Processors II é compostos pelos processadores auxiliares de economia de energia (EPU) e de overclocking (TPU). O EPU (Energy Processing Unit) é velho conhecido já, o microprocessador é responsável por controlar o moderníssimo DIGI+ VRM. Com o Spread Spectrum, é possível regular dinamicamente a frequência de operação do regulador de voltagem para uma maior estabilidade, ou também é possível setar uma frequência fixa para maior potencial de overclock. Pode ser controlado a partir do BIOS, como por software.

O TPU (TurboV Processing Unit) é outro microprocessador, porém, este fica com o trabalho de facilitar o overclocking, ele trabalha em conjunto com o ASUS Auto Tunning, presente no TurboV EVO do AI Suite II, a opção OC Tuner presente no BIOS, ou também com a chave TPU presente na placa mãe. A função deste processador é calibrar o desempenho do computador automaticamente com base na qualidade dos componentes instalados. É possível deixar que o TPU comece o processo de overclock, e assumir o controle a partir de um ponto, bem como o contrário, o usuário faz o início e deixa para o TPU fazer a calibragem final do sistema.

  • BT Go!

BT Go! é um módulo de Bluetooth 2.1 que a ASUS implementou diretamente na placa mãe, permitindo assim conectividade com qualquer aparelho que seja compatível com esta tecnologia. Você pode transferir dados de um smartphone, ou melhor ainda, controlar seu computador a partir de um smartphone compatível com esta tecnologia. É possível controlar desde a reprodução de mídia até fazer overclock em seu computador a partir do celular. Este recurso deverá estar disponível para as principais plataformas móveis de celulares a partir do lançamento oficial das novas placas mães.

  • MemOK

MemOK é um sistema da ASUS que visa aumentar a compatibilidade com módulos de memória. Em caso de alguma incompatibilidade entre a sua memória e a placa mãe, basta pressionar o botão MemOK na placa mãe até um LED vermelho começar a piscar para pedir que a placa mãe assuma o controle da situação e num piscar de olhos, corrija os problemas de incompatibilidade, permitindo bootar o computador normalmente, sem perder qualquer configuração na BIOS.

  • SATA 6G e USB 3.0

A ASUS foi generosa com a conectividade para os novos padrões SATA e USB, são no total quatro portas SATA 6G e mais quatro portas USB 3.0 (2 no painel traseiro e 2 através de um adaptador incluso). As portas USB 3.0 são fornecidas pelo já conhecido controlador NEC, um interessante adaptador com duas portas USB 3.0 para baias de 3.5” acompanha a placa mãe e possibilita a ligação de periféricos no novo padrão diretamente pela frente do gabinete.

Das quatro portas SATA 6G, duas são fornecidas nativamente pelo chipset Intel P67 (as portas cinzas) e outras duas são fornecidas por um controlador Marvell que a ASUS adicionou ao projeto (as azul escuras).
As portas SATA, viradas em 90°

  • As portas SATA, viradas em 90°

Outras 12 portas USB 2.0 (8 no painel traseiro e 4 adicionais) e quatro portas SATA 3G estão disponíveis nativamente pelo chipset Intel P67. Mais duas portas eSATA – uma normal e outra com energia – são fornecidas por um controlador JMicron.

  • SLI e Crossfire

Apesar da placa mãe vir equipada com 3 slots PCI-Express 16x, não é possível utilizar 3 placas em SLI ou Crossfire. Os dois primeiros slots (de cima para baixo) compartilham 16 linhas PCI-Express 2.0 do chipset Intel P67 e podendo ser configurados em 16x (apenas o primeiro slot) ou 8x/8x (os dois slots operando com 8 linhas cada). O terceiro slot da placa utiliza de 4 das linhas de uso geral, o que inviabiliza a sua utilização para placas gráficas de alto desempenho, mas ainda assim pode ser utilizado para conexão de uma GPU para calculo de física ou semelhante.

  • Considerações Finais

A ASUS P8P67 Deluxe é uma placa muito completa, com design excelente, a distribuição dos componentes é muito bem feita. Uma placa de vídeo comprida não interfere na manipulação das memórias, já que os slots para estas são do tipo QDIMM, de fácil encaixe para os pentes de memória. Todas as portas SATA da placa mãe são voltadas em 90º, para impedir que alguma outra placa obstrua a sua utilização. Os conectores de força também são bem localizados, ficando o ATX ao lado das memórias e o EPS de 8 pinos para o processador na região superior da placa.

Nota-se um grande espaço ao redor do socket do processador, que deve ser suficiente para instalação até dos coolers mais avantajados no seu tamanho. Falando em refrigeração, tanto o chipset quanto os reguladores de voltagem são generosamente cobertos por excelentes dissipadores na cor azul.

Oficialmente os processadores da arquitetura Intel Sandy Bridge deverão ser capazes de gerenciar memórias DDR3 de até 1600MHz, porém a ASUS oferece, através de overclock, suporte a até 32GB de memórias DDR3 de 1866, 2133, e incríveis 2400MHz. Nada mal.

Botões para ligar, desligar, reset e limpar o CMOS são encontrados diretamente no corpo placa, bem como dois displays de POST LED, controlados por um chip Nuvoton, que apresentam os códigos de diagnóstico da placa mãe, facilitando a vida dos overclockers e usuários que montam seu PC em bancadas para testes. O kit que acompanha a placa mãe é bastante completo, são fornecidos:

* CD com Drivers;
* 4 cabos SATA 6G;
* 2 cabos SATA 3G;
* ASUS Q-Shield (Espelho do painel traseiro de IO);
* Conector SLI;
* 2-em-1 ASUS Q-Conector;
* Adaptador de 3.5” para 2 USBs 3.0;
* Guia do usuário da placa mãe;
* Guia do usuário do DIGI+ VRM e BT Go!

O painel traseiro de IO foi muito bem planejado e generoso, ele oferece uma porta PS/2 para mouse ou teclado, oito portas USB 2.0, saída de áudio digital S/PDIF coaxial e óptica, duas portas eSATA, duas portas Gigabit Ethernet, duas portas USB 3.0 (as azuis, mais abaixo), um botão para limpar os dados do CMOS e todos os conectores do áudio de 8 canais. Ainda é possível ver no painel traseiro um pequeno módulo azul, logo acima de uma porta eSATA e duas USB 2.0, que é a antena do BT Go!.
Fonte: Fórum PCs
A

Em breve na Oficina dos Bits!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *