Qual é a diferença entre HUB, Switch, Roteador e Access Point?

Nas redes modernas os computadores e demais equipamentos da rede são ligados, via cabo ou tecnologia wireless, a um ponto central que pode ser chamado também de “concentrador de cabos”. O primeiro concentrador de cabos que surgiu foi o hub (fala-se “râbi“). A palavra “hub” significa “centro” ou “ponto central”, explicando bem o que ele faz. Todos os cabos dos computadores da rede convergem para este dispositivo, onde existe uma combinação de hardware e software que faz a interligação entre os computadores. Digamos que o aparelho “A” deseja enviar dados para o “B”. O hub fará a conexão entre ambos e, enquanto durar a transmissão, os demais computadores ligados ao mesmo hub precisarão esperar sua vez para utilizar a rede.

Switch TrendNet 24p 10/100/1000 Compact=

Este esquema de funcionamento dos hubs leva à lentidão da rede, que ficará tanto mais lenta quanto maiore for. Se uma rede com hubs tiver, digamos, 100 computadores, só dois deles poderão utilizar a rede simultaneamente, um enviando e o outro recebendo dados, enquanto os outros 98 ficam esperando a vez.

Para resolver este problema de performance é que foram criados os switches. O nome switch (fala-se “suí-tche” significa “chaveador”, designando sua função. Um switch funciona de maneira similar ao hub, a grande diferença é que o switch pode ligar diversos pares de dispositivos simultaneamente. Assim, uma rede com switch fica muito mais rápida que se montássemos a mesma rede usando hubs. Por este motivo, hoje não existem mais hubs à venda, tendo sido substituídos integralmente pelos switches.

Note que o switch interliga os micros de uma mesma rede física. Só que as grandes redes, entre elas a maior de todas, a internet, são formadas pela junção de duas ou mais redes. A internet, por sua vez, é formada de milhões de redes menores. E como é que estas redes se interligam? É aí que entram os roteadores.

Enquanto que um switch interliga os micros dentro da mesma rede, os roteadores fazem a interligação entre redes. Quando um roteador recebe um sinal de rede, analisa os dados para saber quem é o destinatário daquela informação. Se o destinatário estiver fora da rede local, vai enviar aqueles dados para o roteador seguinte, que fará o mesmo processo, até que os dados cheguem finalmente ao seu destino.

E onde é que entram os access points? O nome significa “ponto de acesso”, designando estes dispositivos fundamentais para as redes wireless, isto é, sem fio.

Access Point Repetidor DWL-2100AP 108Mpbs D-Link

Uma rede wireless funciona, em termos lógicos, exatamente da mesma forma que as redes cabeadas. A diferença é que os sinais viajam via rádio, e não através de um fio de cobre. A função lógica do acess point, portanto, é a mesma que um hub, ou seja, interligar os diversos computadores de uma rede, só que via rádio ao invés de usar cabos. O access point recebe o sinal da rede geralmente através de um cabo, e cuida de transferir este sinal via rádio para os micros que usam placas de redes wireless.

Estas são, portanto, as funções básicas dos equipamentos usados nas redes atuais, ou seja, switches, roteadores e access points. Em termos de mercado, o que você encontrará são aparelhos que incorporam uma, duas ou todas estas funções. Por exemplo:

Um switch simples vai apenas interligar os micros via cabo;
Determinado access point pode funcionar também como hub cabeado, simultaneamente com sua função wireless;
Um roteador wireless combina as funções de hub, roteador e access point.
Este último é o caso mais comum atualmente. A maioria dos roteadores atuais para redes pequenas e médias combina estas três funções, tornando seu manuseio mais prático e barateando o custo de fabricação.

Fonte: Revista PnP (www.revistapnp.com.br)

Informações técnicas:
HUB – forma uma rede LAN topologia barramento e trabalha na camada 1 do modelo OSI
Switch – forma uma rede LAN topologia estrela e trabalha na camada 2 do modelo OSI
Roteador – interliga duas ou mais redes WAN/LAN e trabalha na camada 3 do modelo OSI

Bem, é isto. Agora você já pode ir às compras sabendo melhor o que procurar e como julgar os preços dos equipamentos em função do que ele pode ou não pode fazer.

Switchs:
http://www.oficinadosbits.com.br/products/listar.asp?Classe=Rede%20Switch
Roteadores:
http://www.oficinadosbits.com.br/products/listar.asp?Par=Produto&descricao=roteador
Access Point:
http://www.oficinadosbits.inf.br/products/listar.asp?Par=Produto&descricao=Access+Point

Ainda têm duvidas? Saiba mais sobre este assunto e muito mais no forum Bits Caverna!

16 pensamentos sobre “Qual é a diferença entre HUB, Switch, Roteador e Access Point?

  • 1 de abril de 2009 em 10:13
    Permalink

    Opa, agora sim .. relatado passo a passo aquilo que nossos consultores frisam sempre! Parabéns pela matéria.

  • 6 de abril de 2009 em 11:36
    Permalink

    Olá!
    realmente está muito bem explicada esta questão de hubs, switches, roteadores e access point , porem eu ainda tenho uma dúvida tipo um exemplo
    eu tenho um roteador normal o access point eh uma configuraçao q vai no ROTEADOR certo?
    entao , eu queria saber por exemplo o roteador faz tal coisa
    e quando access point ai ele faz TAL COISA “A MAIS”
    tipo isso alguem pode me explicar?!
    Desde já, Obrigado!

  • 6 de abril de 2009 em 21:30
    Permalink

    Olá Marcelo.
    Os roteadores wireless hoje, normalmente, veem com função de Access Point. Sendo assim, ele serve tanto para rotear (distribuir) sua Internet quanto para servir de concentrador (ponto de acesso) para sua rede sem fio.
    Existem equipamentos que são somente AP(Access Point) e geralmente tem tambem a função de bridge que aumenta o alcance da rede sem fio e outras funções que variam com o modelo.

    Abraços

  • 16 de abril de 2009 em 14:42
    Permalink

    realmente. e uma explicaçao bem explicita deu pra tirar todas as aquelas duvidas q ficava martelando na minha cabeça.acabei de concluir minha resposta pra prova de hoje. vcs estao de parabens

  • 3 de julho de 2009 em 11:35
    Permalink

    Só um detalhe: ainda existem HUBs a venda, sim. Também sugiro um outro post falando sobre largura de barramento internos dos switchs, também conhecido como backplane.

  • 27 de julho de 2009 em 4:48
    Permalink

    todo baralho k tava na minha cabeca foe organizado adorei a xplicacao xpero k continuem com esses palpites pois sao importantissimos p nos que somos os beneficiarios e que tamos entrar nessa aria.

  • 24 de setembro de 2009 em 19:13
    Permalink

    em que situações devemos utilizar GATEWAYs?

  • 30 de novembro de 2009 em 20:03
    Permalink

    BOA NOITE, MEU NOME É JOÃO; A MINHA DÚVIDA É COM FAZER UM ROTEAMENTO DIRETO COM OUTRO ROTEADOR

  • 23 de fevereiro de 2010 em 18:51
    Permalink

    Simples e direto e muito bem explicado! Parabéns!

  • 28 de março de 2010 em 9:26
    Permalink

    sobre essa questão das fuinções de roteador, access point, hub etc, gostaria dwe saber o seguinte. Com a instalação em cidades do Rio de Janeiro, de banda larga gratis, na velocidade de 1mb,, Em Caxias, por exemplo, estão usando uma antena externa de 25 dbi conectada ao computador através de uma placa PCI ou um adapador USB. No caso em questão, gostaria de saber da viabilidade de compartilhar essa antena com outras pessoas n o mesmo prédio. Assim, se possível, que tipo de equipamento deverá ser usado. grato pela ajuda

  • 1 de abril de 2010 em 4:20
    Permalink

    Muito legal essa explicação, tava na maior dúvida entre escolher o roteador ou o switch. Mas graças a vocês vou comprar o que melhor me atende. Parabéns!

  • 2 de abril de 2010 em 13:56
    Permalink

    No modelo OSI, em qual camada o Hub, o Switch e o Roteador estão localizados?

    att/Berilho

  • 13 de setembro de 2010 em 11:05
    Permalink

    muito bom, só que estou tendo um poblema eu tenho uma lan house que só funciona com quatro maquinas quando eu ponho mais maquinas a linha a rede sai do ar o que fasso para resolver esta questão,

    превед

    превед

  • 16 de julho de 2011 em 23:21
    Permalink

    tenho internet via rádio , queria dividir o sinal com meu vizinho , qual equipamento tenho que comprar, um HUB, ou Hoteador , ou SWITCH , para que cada um entrar na internet independente um do outro.Valeu..

  • 25 de abril de 2015 em 17:38
    Permalink

    Muito bom! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *