NVIDIA entrará no mercado de processadores

Depois de décadas de pesquisas e investidas, as técnicas ARM finalmente estão despertando o interesse das gigantes dos computadores. Com a alta eficiência da arquitetura somada à liberdade propiciada pelos equipamentos de maior porte, o que surgirá será um processador verdadeiramente potente, quem sabe até de menor custo.

A NVIDIA anunciou seus planos de fabricar processadores para computadores pessoais e servidores. A empresa pretende integrar no futuro núcleos de processadores de propósitos gerais (CPU) em seus chips gráficos (GPU).

Conhecido internamente como Project Denver, também traz consigo um processador gráfico dedicado, eliminando parte da complexidade de hardware (por serem eliminados chipsets, portas e outros controladores externos) e abrindo espaço para operações mais rápidas, geradas em um único local.

Em termos práticos, veremos computadores extremamente velozes (que podem sim ser amparados por outros núcleos externos, como as atuais placas de vídeo dedicadas), enquanto fabricantes de notebooks e netbooks encontrarão a ferramenta perfeita para criar produtos mais leves, finos e portáteis, com maiores durações de bateria — algo que se aplica também ao mercado de celulares.

Vale lembrar que a NVIDIA é apenas uma das empresas à frente do conceito de superphones. Grandes corporações como Samsung e Qualcomm também já possuem produtos no mercado compatíveis com essa estrutura de processamento.

Fonte: Baixaki

2 pensamentos sobre “NVIDIA entrará no mercado de processadores

  • 19 de janeiro de 2011 em 8:23
    Permalink

    Muito bom isso, mas será que vai ser igual a Intel: produtos bons, porém caros?

  • 19 de janeiro de 2011 em 8:23
    Permalink

    Muito bom isso, mas será que vai ser igual a Intel: produtos bons, porém caros?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *