Nvidia GeForce GTX 550Ti, para os usuários de jogos e multimídia

Em marcço a Nvidia anunciou o lançamento da placa de vídeo GeForce GTX 550Ti, focada no baixo consumo de energia e nos usuários de jogos e multimídia.

O fabricante faz uma comparação com o produto concorrente mais próximo (Radeon HD 5770) e informa que a GTX 550 Ti é até 50% mais rápida nos mais recentes jogos com tesselação em DX11, e ainda 38% mais rápida nos jogos em DX9 e DX10 das gerações anteriores. Ainda é possível aumentar o desempenho com a adição de uma segunda placa conectada à primeira com uso da tecnologia SLI.

Sai a nomenclatura GTS (normalmente utilizado em placas de um segmento mais baixo) para entrar a GTX (usado em VGAs mais robustas) e inclui o sufixo Ti, que dá um “ar” de maior potência.

Os destaques da GeForce GTX 550 Ti são:

• 1,17 bilhão de transistores;
• Litografia em 40 nm;
• Área do die (estimado): ~238mm²
• Frequência de operação das texturas e ROPs (GPU): 900Mhz;
• 192 shader processors/CUDA cores;
• Frequência de operação dos shaders processors/CUDA cores: 1800MHz;
• Frequência de operação das memórias: 4.1GHz (GDDR5);
• Quantidade de memória: 1GB;
• Interface de memória: 192 bits;
• Consumo de energia/TDP: máximo de 116 watts;
• Limiar térmico da GPU em 100° C;
• Suporte às tecnologias: CUDA, DirectX 11/Shader Model 5.0, GeForce 3D Vision, NVIDIA 3D Vision Surround, NVIDIA PhysX, PureVideo HD Technology, Badaboom, HDMI 1.4a, OpenGL 3.2, OpenCL, DirectCompute, Windows 7.

E ainda:

• Terceira Geração do Streaming Multiprocessor (SM)

• Segunda Geração de Execução de Thread Paralelo ISA
– Espaço de Endereçamento Unificado com suporte completo a C++;
– Otimização para OpenCL e DirectCompute;
– Precisão completa para IEEE 754-2008 32-bit e 64-bit;
– Caminho completo para inteiros de 32-bit e extensões de 64-bit;
– Instruções de acesso a memória para suportar a transição no endereçamento de 64-bit;
– Melhora na performance através da técnica de Predicação.

• Subsistema de Memória Otimizada
– Utilização da hierarquia NVIDIA Parallel DataCacheTM com L1 ajustável e L2 unificada;
– Primeira GPU com suporte a memórias ECC;
– Otimização no desempenho das operações atômicas de memória.

NVIDIA GigaThreadTM Engine
– 10x mais rápido nas aplicações de alternância de contexto;
– Execução simultânea de Kernel;
– Execução de blocos de theads fora de ordem;
– Engine de transferência de memória com dupla sobreposição.

O site Adrenaline publicou um review com todos os detalhes da GTX 550Ti, clique aqui e confira!

  • Confira algumas imagens:

Fonte: Adrenaline // Portal G1 Tecnologia

  • Encontre na Oficina dos Bits

GeForce GTX 550Ti 1GB GDDR5 192bits DVI/Mini HDMI 1.4 – PCI-E – EVGA

Um pensamento sobre “Nvidia GeForce GTX 550Ti, para os usuários de jogos e multimídia

  • 11 de abril de 2011 em 11:31
    Permalink

    excelente placa… mas tô tranquilo com a minha HD5770 ainda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *