Nvidia série 9, GTX 980 e GTX 970, a série que você não vai querer ficar sem

gtx980

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lançada oficialmente dia 18 de setembro, a Série 9 da Nvidia chegou já dando o que falar. Com arquitetura Maxwell e 1664 CUDA Cores, a NVIDIA promete GPUs com 35% a mais de desempenho que os modelos com chips de arquitetura Kepler. Conheça aqui as diferenças, configurações e é claro, se vale a pena investir em placas GeForce GTX 980 ou GTX 970.

 

Entre as novidades apresentadas pela companhia, o principal destaque é a GTX 980. A placa conta com 2.048 núcleos CUDA e clock de 1,2 GHz com saídas DL-DVI, HDMI 2.0 e 3 Displayport 1.2. Já a GeForce GTX 970 conta com 1.664 núcleos CUDA e clock de 1.050 MHz. Confira uma breve comparação de especificações:

 

serie 9

 

 

Com a tecnologia de altíssima resolução dinâmica da Maxwell, os games podem ser renderizados em até 4K ou outras resoluções de ponta, e então podem ser dimensionados para a resolução nativa da tela do usuário usando um filtro gaussiano de 13 toques. A imagem resultante tem qualidade muito maior do que apenas renderizar diretamente para 1080p, mas, oferece uma experiência altamente fiel, até mesmo para quem estiver jogando em telas de 1080p; possibilitada pela tecnologia Dynamic Super Resolution – e MFAA/MSAA (Multi-Frame Anti Aliasing e Multi-Sampled Anti Aliasing).

 

Em suma, a série 9 vem com passos mais realistas e uma distribuição melhor de aspectos; não se focando somente em números altíssimos, mas sim em todo o panorama geral aproximando o usuário não só dos amados 60 fps em jogos da já nova geração, mas sim das tecnologias de iluminação e física, proporcionando um novo padrão de entretenimento.

 

Para fornecer o potencial imersivo da realidade virtual, com altas taxas de quadros e baixa latência, a tecnologia VR Direct incorpora diversos novos recursos; o VR SLI, ajuste assíncrono e autoestéreo. A GPU pode ser atribuída a um olho específico para renderizar as imagens mais rapidamente, há o corte da latência pela metade ajustando rapidamente as imagens e melhor compatibilidade do game para dispositivos VR, como o Oculus Rift, e permite aos usuários jogar usando determinados headsets não projetados para VR originalmente.

 

A série 9 da Nvidia, com a GTX 980 e a GTX 970, incorporou uma gama de novas tecnologias − incluindo antisserrilhamento de amostragem multiquadros (MFAA − multi-frame sampled anti-antialiasing), altíssima resolução dinâmica (DSR − dynamic super resolution), VR Direct e design com enorme eficiência energética − permitem que as GPUs GTX 980 e 970 baseadas na arquitetura Maxwell renderizem quadros com a mais alta fidelidade, com uma maior velocidade de clock e com um menor consumo de energia.

 

Já deu para ver que vale a pena investir nessas placas então, confira  as placas que chegaram na Oficina dos Bits:

 

 

04G-P4-2980-KR_XL_1

 

 EVGA

GeForce GTX 980 4GB GDDR5 256bits

 

 

 

 

 

 

 

 

11233_big

 

 

Gigabyte

GeForce GTX 980 4GB GDDR5 256bits

 

 

 

 

 

 

 

 

 

970

 

 

 

 

EVGA

GeForce GTX 970 4GB GDDR5 256bits – Superclocked ACX

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Nvidia, TecMundo, InterNerdZ

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Gostou do conteúdo do blog? Compartilhe! :)

LinkedIn
Share
Instagram