DisplayPort, entenda.

Untitled-1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como dito em nossos outros post sobre cabos HDMI, VGA e DVI, se tratando de cabo  tudo se resume a qualidade de transmissão de dados, o sinal transmitido, assim como, a tensão necessária . Neste post vamos falar do DisplayPort e explicar o porque de sua existência.

 

Lançado em 2006 pela VESA (Video Electronics Standards Association — a associação que define os padrões de vídeo) o DisplayPort vem com suporte para alta resolução de 3840 x 2160 pixels, transmissão de dados de até 10.8 gigabits e suporte para áudio digital de até oito canais.

 

Enquanto o HDMI e o DVI necessitam de tensões acima dos 3 V (volts), o DisplayPort funciona bem com apenas 2 V. A tensão mais baixa permite que os controladores DisplayPort sejam integrados diretamente em chipsets produzidos usando técnicas de 45 nm (que possuem um limite prático de 2.5V para a tensão), eliminando a necessidade de circuitos especializados ou de controladores externos.

 

Leia mais

Oficina dos Bits entre as 15 melhores lojas online de eletrônicos

e-bit

 

 

 

 

 

O E-bit é referência no fornecimento de informações sobre o e-commerce nacional. Integrado ao Buscapé, o E-bit classificou mais de 21 mil lojas, incentivando ou avisando os riscos de se comprar em uma loja virtual. Para os consumidores, o e-Bit atua como um consultor de compras online, publicando em seu site a certificação das lojas virtuais por excelência de serviços obtida a partir das avaliações de pessoas que efetivamente realizaram compras na internet.

 

A classificação da loja funciona por categorias: “medalhas” Diamante, Ouro, Prata, Bronze e Em Avaliação. Isso exige uma série de qualificações da loja, como ter um número mínimo de avaliações positivas, pontualidade na entrega, alto índice de retorno de consumidores e sigilo com dados de clientes. O ranking mensal e geral faz a classificação com base nas maiores notas em “Pesquisa de satisfação de compra” e “Pesquisa de satisfação de entrega”. A Oficina dos Bits é possuidora da Medalha Ouro desde 2010.

 

Leia mais

Um notebook para todas as horas

Olá, pessoal. Apresentamos hoje o ultrabook Asus K45VM-VX105H, um notebook com configuração robusta, que suporta com tranquilidade aplicações de escritório mais exigentes como edição de imagens e vídeo, e também é capaz de rodar grandes jogos da atualidade, como Crysis 3 e Metro Last Light, sem problema em média resolução. Com LED de 14″ e equipado com processador Intel Core i7, 8GB de RAM, HD de 750GB, e placa de vídeo dedicada GeForce GT 630M, de 2GB, esse ultrabook possui uma bateria que suporta 3x mais ciclos que as baterias comuns. Confira os testes que fizemos. Atende a sua necessidade? Não deixe de comentar! 😉

Link do produto na loja Oficina dos Bits: http://www.oficinadosbits.inf.br/Oferta.asp?codigo=12710&id=6

Leia mais

Review Ultrabook Lenovo Ideapad S400

Testamos o Ultrabook Lenovo Ideapad S400, equipado com tela HD LED de 14″, processador Intel i5 3317U, 4GB de RAM, HD de 500GB + SSD de 32GB. Um ultrabook de apenas 1,8kg e 21mm de espessura, que alia potência e design leve. Em nossos testes, se mostrou um ótimo computador para tarefas de escritório e casa, inclusive games. Apesar de não ser um ultrabook gamer, roda com tranquilidade jogos até 2010, e não obteve problemas em rodar Tomb Raider 2013 em resolução moderada.

Link do produto na Oficina dos Bits: www.oficinadosbits.com.br/Oferta.asp?codigo=13663&nome=Ultrabook%20Lenovo%20Ideapad%20S400-631263P%20-%20Tela%2014

Leia mais

Primeiro Benchmark (Canal Bits)

No nosso primeiro Benchmark no canal, fizemos um comparativo das placas GeForce GTX 770 (EVGA), NVIDIA GeForce GTX 760 (GIGABYTE), AMD Radeon R9 280X (GIGABYTE) e AMD Radeon R9 270X (GIGABYTE) nos seguintes softwares de Benchmark: FurMark (v1.9.2), 3DMark (4.15.0.0), Valley Benchmark (1.0) e Heaven Benchmark (v2.5). Todas as GPU’s foram igualmente testadas ao máximo e se saíram bem. Mas qual foi a melhor? Confira!

Leia mais

SSD vs. HD: saiba como deixar o computador mais rápido

Um processo simples e fácil promete não só deixar sua máquina muito mais rápida, mas também aumentar a vida útil dela em alguns anos.

A solução é simples: basta substituir o HD do seu computador por um SSD. Nunca ouviu falar? SSD é sigla para “disco de estado sólido”; uma nova mídia de armazenamento que traz uma série de vantagens em relação ao disco rígido tradicional.

SSD 120GB SATA 3 – Corsair Force GT – 555MB/s read – com adaptador 3.5″ – CSSD-F120GBGT-BK

“A probabilidade de falha é uma das principais vantagens. Muitas pessoas perdem informações caso o HD caia no chão, esta probabilidade de perder dados é muito grande. Já com o SSD, sem nada mecânico, isso não existe, porque as informações são armazenas em microchips”, diz Gerardo Rocha, dir. executivo da Kingston Technology.

Diferente dos HDs, os discos de estado sólido não utilizam qualquer processo mecânico. Enquanto o HD funciona de forma bastante similar aos antigos toca-discos, o SSD é 100% eletrônico. Constituído por placas de memória flash, o acesso aos dados gravados no SSD é mais rápido e o consumo de energia também é menor; o que significa maior duração de baterias nos computadores portáteis.

O HD é uma tecnologia dos anos 50; de lá pra cá evoluiu muito no quesito capacidade, mas não tanto na velocidade. Para se ter uma ideia, os HDs mais rápidos têm velocidade em torno de 15.000 rotações por minuto. Mas, essas velocidades você só encontra em HDs especiais, usados geralmente em servidores. Nos computadores comuns, a velocidade não passa de 7200 rotações por minuto. Nos notebooks, os HDs em geral rodam a 5.400 rotações por minuto. Para você ter uma ideia do quanto isso é lento, para atender as necessidades de um processador de última geração e muita memória RAM, seria necessária uma velocidade de algo em torno de 195 MIL rotações por minuto.

“Quando você avalia o desempenho do computador pelo processador e pela memória, temos evoluído. A frequência da velocidade atende a necessidade do processador. O HD se mantém igual. Quando você olha todos os componetentes do computador, aquele que não tem evoluído quanto à velocidade é o HD. É o mais devagar. e, portanto, se torna um gargalo no desempenho”, completa Gerardo Rocha, dir. executivo da Kingston Technology.

Resumindo, o HD acaba se tornando um verdadeiro gargalo no desempenho da máquina – mesmo que ela tenha um processador superpotente e muitos giga de memória RAM. A substituição por um SSD resolve o problema e o processo de troca é bem simples.

A primeira coisa a fazer é retirar a bateria do seu laptop, abrir o compartimento e extrair o HD. O aparelho deve estar, obviamente, desligado da tomada. Outro detalhe, a troca só pode ser realizada com máquinas que tenham disco rígido ligado em porta SATA – que é o que acontece com na maior parte dos micros atuais. “De seis anos para cá, o computador já tem porta SATA, diz Rocha.

Pronto, no lugar do HD você instala o SSD e agora com o disco rígido fora do computador, faz um clone dele. Ou seja, copia todo o conteúdo do HD para o SSD – assim, terá uma máquina idêntica, inclusive com as mesmas configurações, arquivos e sistema operacional. Para fazer a clonagem, você encontra uma série de aplicativos na web. No nosso caso, usamos um CD que veio no kit de clonagem do SSD.

Alguns minutos depois… uma nova máquina. Olha quando tempo esse computador levava para iniciar antes da troca… e agora, a mesma máquina com o SSD… menos da metade do tempo! A velocidade de inicialização já chama a atenção. E ela está também marca presença na hora de abrir aplicativos, editar vídeos, trabalhar com imagens e muito mais. Bem bacana!

Fonte: OlharDigit

QUAL WINDOWS É IDEAL?

1. Windows 8 = voltado a usuários domésticos

2. WIndows 8 Pro = voltado a pequenas empresas

3. Windows 8 Enterprise = voltado para grande empresas

Tanto o Windows 8 como o Windows RT oferecem uma interface bonita, rápida e fluida que você pode personalizar com os contatos, os aplicativos e os sites que mais gosta. Com tecnologia de toque, mouse e teclado. Existem algumas diferenças importantes entre o Windows RT, o Windows 8 e o Windows 8 Pro.

Windows RT *
tablets e computadores para uso em qualquer lugar. Finos e leves, com bateria de longa duração. Você pode começar a usá-los imediatamente e se manter atualizado sobre seus emails, redes sociais e aplicativos quando quiser. O Office Home & Student 2013 RT Preview também é incluído, para que você possa começar a trabalhar de qualquer lugar. O Windows RT só está disponível pré-instalado em tablets e computadores específicos e só executa aplicativos integrados ou aplicativos que você baixa da Windows Store. Para saber mais, vejaPerguntas frequentes do Windows RT.

Se pretende instalar um software de área de trabalho, como o Adobe Photoshop ou uma versão anterior do Office, você tem como opções o Windows 8 ou oWindows 8 Pro.

Windows 8 **
vem pré-instalado em vários dos novos tablets, conversíveis, Ultrabooks, notebooks e computadores all-in-one. O Windows 8 funciona com softwares de desktop existentes e com aplicativos que você pode baixar daWindows Store.

Windows 8 Pro oferece todas as grandes vantagens do Windows 8, além de excelentes recursos de rede e de criptografia de dados. Por tempo limitado, você poderá atualizar seu computador com uma versão anterior do Windowspara o Windows 8 Pro por um preço especial ou recebê-lo já pré-instalado em muitos dos novos tablets e computadores.

Procurando um novo computador?

Podemos ajudá-lo a escolher aquele que seja melhor para você.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este é um comparativo entre as edições do Windows 8 já em sua versão final:

Como realizar o upgrade para o Windows 8:

Comparativo por funcionalidade:


Review Cooler Master Cosmos II

O Clube do Hardware testou o novo gabinete Cosmos II da Cooler Master o primeiro gabinete “Ultra-Tower”. O Cosmos II segue o mesmo padrão dos outros membros da família cosmos, com alças de alumínio que também são os pés do gabinete, é um Gabinete bem pesado (cerca de 22kg sem componentes) porém todas suas funcionalidades valem a pena o peso:

Leia mais