Confira 10 dicas para melhorar sua rede Wireless

Quais são, então, os problemas que podem estar ocorrendo para que o sinal chegue tão fraco ao destino? Talvez seja simplesmente a distância a ser percorrida. Pode ser que o micro esteja em um local que, simplesmente, fica fora do alcance ou “escondido” do roteador. Pode também ser a distribuição dos móveis pois o sinal wireless teria que virar muitas esquinas para alcançar o destino, o que causará muitas perdas. Se você mora em um prédio de apartamentos, talvez o local esteja sendo inundado por diversos sinais vindos de outros roteadores na mesma área. Pode também ser uma interferência estrutural, por exemplo, se existir um móvel de aço grande, ou então uma máquina de lavar ou secar roupas entre o roteador e o computador.

Mais algumas chances: pode ser o software que está em uso. Os roteadores usam programas que precisam de atualização tanto quanto os demais, e às vezes o firmware que veio com o roteador pode ser de alguma versão com problemas. Realmente, são várias possibilidades pelas quais o sinal pode estar fraco ou simplesmente não está conseguindo chegar até um determinado computador.

Leia mais

Qual é a diferença entre HUB, Switch, Roteador e Access Point?

Nas redes modernas os computadores e demais equipamentos da rede são ligados, via cabo ou tecnologia wireless, a um ponto central que pode ser chamado também de “concentrador de cabos”. O primeiro concentrador de cabos que surgiu foi o hub (fala-se “râbi“). A palavra “hub” significa “centro” ou “ponto central”, explicando bem o que ele faz. Todos os cabos dos computadores da rede convergem para este dispositivo, onde existe uma combinação de hardware e software que faz a interligação entre os computadores. Digamos que o aparelho “A” deseja enviar dados para o “B”. O hub fará a conexão entre ambos e, enquanto durar a transmissão, os demais computadores ligados ao mesmo hub precisarão esperar sua vez para utilizar a rede.

Switch TrendNet 24p 10/100/1000 Compact=

Leia mais