10 novidades do Windows 8

O Windows 8 ja esta chegando em sua versão final e está cheio de novidades, Leia abaixo 10 dessas novidades:
1- Edições Distintas
O Windows 8 será específico para PCs de mesa e portáteis. São computadores que usam os processadores conhecidos como x86/x64, produzidos pela Intel e pela AMD. Outra edição do sistema, chamada Windows RT, vai rodar em tablets com processador do tipo ARM. São chips fabricados por empresas como Qualcomm, Samsung e Texas Instruments e usados em tablets e smartphones. Aplicativos criados para o Windows 7 devem rodar no Windows 8, mas não no Windows RT.

2- Adeus menu Iniciar
Na nova interface gráfica Metro, do Windows 8, o menu Iniciar, que está no Windows desde 1995, deixa de existir. No lugar dele, quando o usuário clica no canto inferior direito da tela, surge uma página inicial quadriculada com os aplicativos dispostos em retângulos. Seu aspecto é similar ao do Windows Phone.

3- Os retângulos são vivos
Os retângulos que representam os apps na tela do Wndows 8 não são ícones passivos. Eles também podem exibir informações. Um app de e-mail pode mostrar quantas mensagens não lidas existem na caixa postal, por exemplo.

4- Loja de apps
Seguindo o exemplo da Apple e de outras empresas, a Microsoft só vai permitir a instalação de apps na nova interface Metro por meio da sua loja online. Esses apps rodam na tela inteira do computador, como os dos tablets e smartphones. Mas há também um modo (chamado, em inglês, de “snap”) em que a tela é dividida verticalmente, exibindo dois apps lado a lado.

5- Multiplos toques no touch pad
Laptops com Windows 8 terão um touch pad capaz de reconhecer múltiplos toques simultâneos. Esse dispositivo será usado para controlar o zoom e para abrir e fechar o menu lateral do Windows 8, entre outras coisas. Alguns fabricantes, como a Asus, adicionaram esse recurso a seus laptops com Windows 7. Mas agora ele passará a fazer parte do sistema.

6- Uma conta para todos
O usuário poderá usar uma conta criada no site da Microsoft para se autenticar no Windows ou vice-versa. O mesmo nome de usuário e a mesma senha poderão ser empregados em vários dispositivos com Windows 8, Windows RT e Windows Phone, e também nos serviços online da empresa, como o SkyDrive. Isso deve facilitar a sincronização de dados entre os dispositivos e os serviços online.

7- Identificação por gestos
O Windows 8 traz duas novas maneiras de o usuário se identificar no sistema. A primeira é a senha fotográfica. Quando ela é usada, o sistema exibe uma foto e a pessoa realiza gestos deslizando o dedo sobre a imagem (num tablet) ou deslocando o cursor do mouse (num PC). O outro método é digitar uma senha numérica de quatro dígitos (PIN) como se faz em muitos smartphones.

8- Volta ao passado
Opcionalmente, será possível trazer de volta a interface tradicional do Windows. Isso será necessário para rodar aplicativos que não são compatíveis com a nova interface Metro.

9- Plug-ins são banidos do IE
O Windows 8 vem com o Internet Explorer 10 em duas versões distintas: uma para a nova interface gráfica Metro e outra para a tradicional. A versão Metro não vai aceitar extensões, que continuarão sendo bem vindas na versão tradicional.

10- Upgrade por 29 reais
A data de lançamento do Windows 8 não foi divulgada, mas espera-se que os PCs com o novo sistema comecem a chegar às lojas em outubro. Quem comprar um computador com Windows 7 nos próximos meses vai poder, depois do lançamento, atualizá-lo com o Windows 8 pagando 29 reais.

Saiba se você pode fazer o Upgrade para o Windows 7 de 32 ou 64bits

Uma perguntar frequente entre os usuários é se deveriam fazer upgrade do sistema operacional para a versão de 32 ou 64 bits do Windows 7. Antes, é preciso responder a duas questões.

  1. Se o computador é compatível com o Windows 7 (incluindo periféricos e programas)
  1. Se a máquina tem o processador de 64bits Leia mais

Windows 8 em 2012

win_roadmap
Um slide exibido durante uma conferência da Microsoft mostra a intenção da empresa em lançar o Windows 8 em 2012. A informação faz sentido já que a Microsoft obedece a um ciclo de desenvolvimento de três anos para seus sistemas operacionais (o Windows 7 levou três anos para chegar ao mercado após o lançamento do Windows Vista).