Qual o melhor o anti-vírus? Tire suas dúvidas!

A interface do AVG Anti-Virus Free 2011 marca uma mudança significativa, deixando o produto longe daquelas telas coloridas espalhafatosas de algumas das versões anteriores. Agora, botões grandes são usados para iniciar um escaneamento, verificar atualizações ou checar as configurações do programa. A tela principal mostra a situação das 10 frentes de proteção, em botões de fácil visualização. Fora o visual renovado e melhorado, o importante mesmo da nova versão AVG 2011 é o funcionamento.O técnico precisa partir da análise da situação como um todo até estar em condições de ir direta e precisamente no ponto que precisa ser mexido para sanar o problema. Mas qual é a seqüência que consideramos correta, e quais são os principais pontos a serem observados? É isto o que analisamos neste artigo, extraído da Revista PnP nº 9, que traz uma série de artigos sobre manutenção de computadores que consideramos indispensável a todos os que lidam nesta área. Vamos lá:
A

A

  • Bons resultados nas avaliações independentes

O que se espera de um antivírus é, bem, que ele detecte os vírus e evite que entrem no sistema. E neste ponto, segundo diversos testes feitos por laboratórios internacionais, o AVG 2011 saiu-se muito bem, aliás, melhor do que os melhores antivírus pagos. Por exemplo, o AVG 2011 recebeu a classicação “Platinum”, por um renomado laboratório americano, uma honra só concedida até então a nomes famosos como o Kaspersky Antivirus. Em outro laboratório, o AVG 2011 foi certificado que atende aos requisitos de uma boa segurança e recebeu o troféu “VB100%” por ter se saído melhor que os outros nos 10 testes do renomado instituto Virus Bulletin.

O AV-Comparatives é outro instituto de renome que testa regularmente produtos de segurança, e concedeu o grau avançado para o AVG 2011, a segunda melhor classificação do ranking do mês de agosto de 2010, devido ao fato do AVG ter bloqueado 99% das ameaças, assim como fizeram concorrentes de peso como Avira, Panda e Trend Micro.

Outro teste foi feito pela organização AV-Test.org. No ano passado foi feito um teste extenso que durou 1 mês, onde os melhores anti-vírus foram considerados como sendo o Norton, Kaspersky e o PC Tools, no tocante à detecção de vírus e ao bloqueio para que eles não entrassem no sistema. Neste mesmo teste, o AVG ficou logo abaixo dos três melhores, um feito considerável para qualquer tipo de antivírus, quanto mais para um produto gratuito.

  • Técnicas de bloqueio de vírus

Como a maioria dos antivírus modernos, o AVG inclui várias tecnologias para evitar que o malware ataque um sistema limpo. No caso do AVG, ele tem a “proteção residente” que é um escaner de acesso a arquivos, enquanto que o recurso “Proteção de identidade” é voltado especificamente a ameaças que estejam em busca de roubar seus dados pessoais.

O recurso “LinkScanner” é um acessório anexado automaticamente aos browsers Internet Explorer e Firefox, que serve para avaliar cada site visitado e bloqueia aqueles que sabe ser perigoso, segundo as pesquisas feitas pela AVG.

O AVG também inclui um detector de “keylogger” e de “rootkit”, cuja performance ficou um pouco abaixo da média pelos testes internacionais, sendo que o Panda foi o melhor entre todos os produtos. Comodo Antivirus foi o melhor neste tipo de detecção, reconhecendo 100% dos keyloggers e rootkis. Pelo lado positivo, neste tipo de detecção o AVG não emitiu falsos avisos, o que vinha acontecendo com o Comodo, segundo estes mesmos testes.

  • Qual é o melhor antivírus gratuito? Uma resposta difícil

A pergunta que sempre cabe nestas horas é: “afinal, qual é o melhor antivírus gratuito”? A resposta é difícil, vejamos o porque:

O Comodo (que ainda não tem versão em português) faz um grande trabalho mantendo os micros limpos, mas não vai limpar um sistema infectado e pode interferir errôneamente com programas válidos.

O Malwarebytes, ainda pouco conhecido no Brasil, foi considerado o melhor na limpeza de sistemas infectados mas não evita que os vírus entrem. Neste ponto, ele é pior que o Spybot Search & Detroy, que além de eliminar as pragas ainda evita que elas se instalem.

O AVAST é bom para fazer limpeza, mas na prática mostrou-se ligeiramente inferior ao AVG na hora de evitar que os vírus entrem.

O Panda Antivirus é melhor do que o Comodo em gerais de bloqueio de malware, mas o AVG, o AVAST e o Malwarebytes são melhores na hora da limpeza. Além disto, o Panda Antivírus é pago, para quem não quer gastar eles oferecem o Panda Cloud Antivírus, que é um novo conceito de proteção mas que ainda não temos informações confiáveis sobre sua eficiência.

O AVG Antivírus recebeu ótimas marcas dos laboratórios de testes independentes internacionais, melhor do que várias outras opções gratuitas. Ele inclui um bom número de recursos avançados e a interface melhorou bastante em relação às versões anteriores. É  difícil escolher entre AVG, Avast e Panda. Entretanto, como todos são gratuitos, não vai custar mais do que algumas horas de uso com cada um deles para que você possa decidir por si mesmo.

Não foi considerado o anti-vírus da Microsoft, o Microsoft Security Essentials, que é uma ótima opção, lembrando que ele só roda em Windows Original.

Fonte: Revista PnP

A
Encontre na Oficina dos Bits anti-vírus ideal para proteger o seu computador!
A

Panda Antivirus Global Protection 2010 – proteção de segurança mais completa
Anti-virus F-Secure 2010 – até 3 computadores
Kaspersky Antivirus 2010 – 1 usuário

Um comentário em “Qual o melhor o anti-vírus? Tire suas dúvidas!

  • 20 de janeiro de 2011 em 22:59
    Permalink

    Acho o Avast um bom antivirus,Antispyware windows defender e firewall fica do proprio windows 7 mesmo.
    legal a materia realmente é uma pergunta dificil isso por que cada pessoa tem seu gosto pessoal.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Gostou do conteúdo do blog? Compartilhe! :)

LinkedIn
Share
Instagram