Diferenças entre os tipos de memória Flash NAND: SLC, MLC, TLC, QLC e PLC

memória flash nand slc, mlc, tlc e qlc

A memória Flash NAND é um tipo de memória que se assemelha muito a memória RAM, entretanto ela se difere pela capacidade de manter as informações salvas mesmo quando não há energia elétrica.

Ao buscar por meios de armazenamento, é bem provável que você já tenha se deparado com uma dessas siglas: SLC, MLC, TLC, QLC ou PLC. Mas o que elas querem dizer e qual a diferença entre elas?

Nos próximos parágrafos vamos resumir para você um pouco de cada um desses tipos de memória.

Mas antes de falar um pouco de cada uma, vamos explicar como funciona a memória flash NAND.

Então, continue com a gente na leitura!

Como funciona memória Flash NAND?

A memória Flash NAND (Not AND) trabalha com alta velocidade e o acesso às células de memória é feito sequencialmente. As células são acessadas em conjunto, ao invés de individualmente.

Simples, não é mesmo?

Agora que você já entendeu um pouco como ela funciona, vamos entender nos próximos parágrafos como funciona os diferentes tipos de memória Flash NAND.

Continue com a gente.

Memória SLC

A sigla SLC vem do inglês Single Level Cell, que em tradução significa Células de Nível Único.

A memória SLC é caracterizada por armazenar um único bit em cada célula.

Quando se fala de memória Flash NAND, o SLC é o tipo mais antigo presente no mercado. Em relação aos demais tipos ela se destaca com duas vantagens: possui mais rapidez nos processos de leitura e gravação de dados e menor probabilidade de erros, mesmo quando em temperaturas mais elevadas.

Sua desvantagem é o preço, costuma ser mais cara, e sua capacidade de armazenamento, pois armazena menos dados se comparada com as demais.

Memória MLC

A sigla MLC significa Multi Layer Cell, que em tradução significa Células de Múltiplas Camadas.

Neste tipo de memória, cada célula de memória é capaz de armazenar dois bits, ao invés de apenas um.

Sua principal vantagem é o fato de possuir maior densidade de armazenamento de dados. Esse tipo de memória é muito utilizada em SSDs de computadores domésticos, por possuir baixo custo e maior armazenamento de dados.

Memória TLC

TLC significa Triple Level Cell, que significa Células de Nível Triplo. Como o próprio nome já diz, esse tipo de memória armazena três bits por célula.

Sua vantagem é o fato de armazenar mais dados do que as memórias SLC e MLC, sem que haja um aumento significativo do preço.

Mas como nem tudo são flores, sua desvantagem é que seus ciclos de leitura e escrita são menores. As velocidades de leitura e escrita também são mais baixas.

Memória QLC

A sigla QLC significa Quad Level Cell, ou em tradução Célula de Nível Quádruplo. Ela chegou ao mercado em 2018 e sua capacidade de armazenamento é de quatro bits por célula.

Sua capacidade de armazenamento é maior, porém sua vida útil é menor do que as demais.

Memória PLC

A sigla PLC vem do inglês Penta Level Cell, e significa Célula de Nível Penta. Permite que cada célula de memória armazene até cinco bits.

Esse tipo de memória permite que o SSD tenha ainda mais capacidade de armazenamento do que as memórias anteriores. Entretanto, sua durabilidade é menor.

A memória NAND PLC foi anunciada em setembro de 2019 e como ainda está em desenvolvimento, não há informação sobre suas taxas de leitura e gravação e nem do seu tempo de vida útil.

Agora que você já sabe um pouco sobre os tipos de memória NAND, que tal passar la no site da Oficina dos Bits e conferir a nossa seleção de produtos?

Gostou do conteúdo desse artigo? Foi útil para você? Então comente e compartilhe! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error

Gostou do conteúdo do blog? Compartilhe! :)

LinkedIn
Share
Instagram